ACQUABIOS
17 Sep, 2019
Como decidir que água beber!

Você sabe quais as características ideais da água potável? Em cada região mudam as características da água. Para saber a composição química daquela que chega à sua casa, solicite a informação para a companhia de saneamento que a fornece na sua cidade.

Para se manter potável, a água passa por diversas formas de tratamento, contudo, você tem a garantia de que ela atende a legislação vigente. Mesmo assim, para ser consumida, é preciso que ela passe por um processo de limpeza e organização. O objetivo é torná-la inodora, insípida, incolor, com PH neutro ou alcalino e baixo índice de sódio.

A Organização Mundial da Saúde recomenda que a ingestão diária de sódio seja de até 2000mg. Você sabia que algumas das marcas mais conhecidas de água mineral precisam adicionar muito sódio à água para conferir características de PH neutro/alcalino a sua composição? Veja nos rótulos, água com menor índice de sódio sempre possui baixo índice de PH e vice-versa.

A ÁGUA DA TORNEIRA, QUANDO FILTRADA, PASSA POR UM PROCESSO DE RETIRADA DE IMPUREZAS, REDUÇÃO DE CLORO LIVRE E EQUILÍBRIO DE SUAS CARACTERÍSTICAS NATURAIS.

Na hora de beber água, prefira água filtrada. Sabe por quê?

Porque a rede de saneamento garante o fornecimento dentro dos padrões estabelecidos pelo Ministério da Saúde e o filtro certificado dentro das condições estabelecidas na Portaria 344 do INMETRO garante que o equipamento passou por testes rigorosos de qualidade da água. Nesses testes, é exigido que o PH da água seja superior a 6,5 após filtrada, que ocorra uma redução de cloro superior a 75%, que as impurezas suspensas na água sejam retidas e os níveis de extraíveis e eficiência bacteriológica atendam aos padrões de segurança estabelecidos pela NBR 16098. Isso tudo garante água pura, leve, sem cheiro, sem gosto, sem turbidez e neutra para o seu consumo.